quinta-feira, 14 de julho de 2011

João 1.17

Porque a lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.(ARC).









Os que viveram sob a Lei do Antigo Testamento, experimentaram uma certa medida de graça, conforme se vê na fé de alguns (Gn 5.24; 7.1; 15.6). Agora, através de Cristo, a graça e a verdade estão disponíveis no mais alto grau (Rm 5.17-21). O termo grego ‘aletheia’ traduzido por verdade, derivada do negativo ‘a’ e ‘lanthano’, ‘ser escondido`, ‘deixar de perceber’, é o oposto de fictício, fingido ou falso. Denota veracidade, realidade, sinceridade, exatidão, integridade, veracidade, confiança e propriedade. Por Jesus cristo, nossa libertação é garantida pelo pagamento de um resgate – redenção. O termo redenção no grego secular, descrevia um conquistador libertando prisioneiros, um mestre resgatando um escravo e redenção de um domínio estrangeiro. No Novo Testamento, designa libertação do mal e do castigo do pecado através de Cristo. O preço pago para obter essa liberdade foi o sangue do Cordeiro derramado no Calvário, pelo qual o homem pode ser declarado justo diante de Deus.



[Passagens paralelas: Êx 20.1; Dt 4.44; Rm 3.24; 5.21; 6.14; Jo 8.32; 14.6]







Notas Bibliográficas



- Bíblia de Estudos Pentecostal. CPAD. Rio de Janeiro, RJ: 1995, p. 1570;;



- Bíblia de Estudo Plenitude, Barueri, SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 2001,Palavra-Chave, p. 1070.;



Os textos das referências bíblicas foram extraídos do site http://www.bibliaonline.com.br/, na versão Almeida Revista e Corrigida.





Autorizo a todos que quiserem fazer uso dos comentários colocados neste Blog. Solicito, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo. Agradeceria, igualmente, a gentileza de um e-mail indicando qual o texto que está utilizando e com que finalidade (estudo pessoal, na igreja, postagem em outro site, impressão, etc.).



assis.barbosa@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário