sexta-feira, 24 de junho de 2011

João 1.6

εγενετο ανθρωπος απεσταλμενος παρα θεου ονομα αυτω ιωαννης. (Textus Receptus)

Surgiu um homem enviado por Deus, chamado João. (NVI)

Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. (ACRF)

Vários registros de testemunhos relacionados a Cristo são encontrados em João, mostrando que a fé baseia-se em evidências. O testemunho de João Batista, bem como a outra evidência, torna indesculpável a rejeição de Jesus pelo mundo. João Batista proclamava a vinda do Senhor citando Isaías 40.3: “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.”. O ministério de João apontava para o futuro, como os profetas do Antigo Testamento, para Um Maior que deveria vir (Veja 11.7-11; At 19.4,5). No oriente, as estradas não passavam de trilhas onde as pedras haviam sido removidas, as lombadas diminuídas e os buracos enchidos. Quando alguém importante estava para chegar, era prática ‘preparar o caminho do Senhor’, isto é, todas as montanhas (solavancos) eram aplainadas, todos os vales (sulcos e buracos na estrada) exaltados; “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará.” (Is 40.3,4); “Porque é este de quem está escrito: Eis que diante da tua face envio o meu anjo, Que preparará diante de ti o teu caminho.” (Mt 11.10).

Deus, ao nos alcançar com Sua soberana Graça em Jesus Cristo, nos enviou a testemunhar da singularidade de Jesus em meio a esta gama de outros ‘caminhos alternativos’ que, afirmam, também levam a Deus. Isso significa dizer que o plano eterno de Deus para a salvação de seu povo prevê o testemunho de todo aquele que crê. Dessa forma, João Batista é o nosso paradigma como a testemunha da luz.

Notas Bibliográficas

- GOWER, Ralph. Usos e Costumes dos Tempos Bíblicos, CPAD, 1 edição, 2002, Rio de Janeiro, RJ; p. 230;

- Bíblia de Estudo Plenitude, Barueri, SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 2001. Nota textual Jo 1.5, p. 1070;

- Ibdem, Palavra-Chave 1.5;

- Bíblia de estudos de Genebra. Trad. de João Ferreira de Almeida. São Paulo: Cultura Cristã, 1999.

Os textos das referências bíblicas foram extraídos do site http://www.bibliaonline.com.br/, nas versões Almeida Corrigida e Revisada Fiel, Textus Receptus e Nova Versão Internacional.

Autorizo a todos que quiserem fazer uso dos comentários colocados neste Blog. Solicito, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo. Agradeceria, igualmente, a gentileza de um e-mail indicando qual o texto que está utilizando e com que finalidade (estudo pessoal, na igreja, postagem em outro site, impressão, etc.).

assis.barbosa@bol.com.br

Um comentário: