quarta-feira, 29 de junho de 2011

João 1.11

- εις τα ιδια ηλθεν και οι ιδιοι αυτον ου παρελαβον. (Textus Receptus);
- Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. (NVI);
- Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. (ACRF).

Há um texto em Lucas no qual o Senhor Jesus discorre sobre a parábola dos dez servos e das dez minas para ilustrar que a plenitude de seu Reino será adiada: Mas os seus concidadãos odiavam-no, e mandaram após ele embaixadores, dizendo: “Não queremos que este reine sobre nós” (Lc 19.14). Esta parábola baseia-se em um acontecimento histórico. De acordo com o historiador Josefo, depois da morte de Herodes, o Grande, seu filho Arquelau foi para Roma para ser confirmado como rei da Judéia. Os judeus, entretanto, enviaram uma delegação para contestar a nomeação. 19,14. Não é, pois, notório que o ministério publico de Jesus tenha sido rejeitado pelo ‘seu próprio povo’? Jesus foi rejeitado na forma mais aguda em que alguém pode ser rejeitado - pelo seu próprio povo e familiares!

E eis que toda aquela cidade saiu ao encontro de Jesus, e , vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse do seu território” (Mt 8.34)... A Bíblia revela que o povo Judeu, povo para o qual Jesus se revelou primeiro, não O recebeu como Messias. O apóstolo João enfatizou este fato ao declarar o versículo 11. Pelas Escrituras Sagradas podemos perceber que os Judeus rejeitaram a Jesus, o tão esperado Messias que os profetas antigos anunciaram que estava por vir, séculos antes de Seu nascimento. Entretanto, se o povo de Israel estivesse atento as profecias das Escrituras a respeito do Messias, certamente eles não O teriam rejeitado. Atualmente a salvação de todos os homens, tanto de Judeus como não-judeus, depende da fé em Jesus, o Messias que Deus enviou ao mundo. Tudo isto foi plano de Deus desde a queda de Adão (Gn 3.15). Atualmente o propósito sincero de Deus é ter misericórdia de toda a humanidade, tanto dos judeus como de todas as nações, e incluir no seu reino todas as pessoas que entregam suas vidas nas mãos de Jesus Cristo (Rm 11.20-24).

Notas Bibliográficas

- Bíblia de Estudo Plenitude, Barueri, SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 2001;

- Bíblia de estudos de Genebra. Trad. de João Ferreira de Almeida. São Paulo: Cultura Cristã, 1999;

- http://www.cacp.org.br/imprimir.aspx?article=2040&cont=&menu=7&submenu=3

Os textos das referências bíblicas foram extraídos do site http://www.bibliaonline.com.br/, nas versões Almeida Corrigida e Revisada Fiel, Textus Receptus e Nova Versão Internacional.

Autorizo a todos que quiserem fazer uso dos comentários colocados neste Blog. Solicito, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo. Agradeceria, igualmente, a gentileza de um e-mail indicando qual o texto que está utilizando e com que finalidade (estudo pessoal, na igreja, postagem em outro site, impressão, etc.).

assis.barbosa@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário